27 fevereiro 2009

Melãozinho

Eu estou aqui em THE (vulgo Teresina). Ando foragida da minha ex-chefe, da minha monografia, passando uns dias na casa da Sanara, minha amiga de São Luis, que acabou de se mudar. Desliguei o telefone, não disse nada pra ninguém (isso não abarca os meus pais), comprei a passagem e vim. Estou agora entre caixas mal desempacotadas, com um notebook no colo, me impressionando do simples fato de que esta cidade é um ovo...

Mais cedo eu pensava só na minha vontade de beber; no abafado da cidade; do por que diacho eu vim bater perna nesse Riverside, que nem ar condicionado tem.
Paro numa revistaria (mas eu tava mesmo era com fome!), dou uma folheada na nova edição da Caros amigos, dou uma olhada nos vestidos do Oscar na CARAS...

- Péssima troca... Me disse um cara que estava ao lado.

-Ãh? Não entendi! - E levantei um pouco o rosto pra tentar ver suas feições, mas ele se mantinha de cabeça baixa, olhando uma revista, a qual não pude distinguir.

- Muito ruim você ter largado a Caros Amigos e pegar essa CARAS aí. Perda de tempo por página folheada...

- Hahahahahaha! Ah é!? Quer dizer que tu não és o tipo de pessoa que perde tempo com essas coisas?

- Não - E levantou o rosto com uma expressão um tanto quanto debochada.

- Bom saber que... Espera um pouco, tua cara não me é estranha...

- Bem, tenho certeza que na CARAS você nunca viu minha cara! hahahahaha

Olhei os olhos dele...
- Daniel!?

- De onde eu te conheço? Tu estudou comigo?

- Não idiota! Sou eu, Gerusa...

-Reconheci a partir da palavra idiota... Ele parou de olhar a revista, colocando-a em cima das outras, afim de me dar um pouco mais de atenção. Migrou do ar de deboche para o de leve espanto.
- O que tu anda fazendo por aqui?

- Olhando vestidos do Oscar na CARAS, oras!hahahahaha

- Sem graça! Quero saber o que tu andas fazendo aqui em THE... trabalho, passeio...

- Fuga! Disse eu, também largando a revista em cima das outras.

- Sabia que um dia tu ainda matava alguem. Espera só um pouco, enquanto eu vou pagar a revista, e ai a senhorita me explica direitinho que delitos cometeu.

Olhei pro relógio, eram quase seis da tarde, e a San me disse que ia sair um pouco mais tarde do trabalho, pra gente passar lá naquele bar mexicano, que eu sempre me esqueço o nome...

- Então me diga, quem foi a vitima!? Disse o Daniel com a sacola da revista na mão.

- Foi o tédio... Minhas ferias estavam acabando, minha amiga me convidou... E eu vim pra este braseiro, que agora com esses dias chuvosos tá mais pra ferro a vapor!

- Hahahaha! E fica até quando na chaleira? perguntou enrolando as alças da sacola entre os dedos e deixando a cabeça ir atrás de uma menina bonita que acabou de passar...

- Tem jeito mesmo não pequeno! Disse dando um tapa na cabeça dele.

- Eita que já levei porrada! que diacho foi que eu fiz?

- Ficou olhando pra bunda da pobre... E voltando a pergunta, não me demoro muito não. Coisa de três dias já pego o caminho de volta.

- Hum, sei. E o que tu vai fazer mais tarde?

- Vou com a minha amiga num bar que tem temática mexicana, sei lá...

- Sua cachaceira! Sempre procurando uma coisa pra beber. Mas, eu tava pensando em te levar lá em casa...

- E que diacho eu vou fazer na tua casa Daniel? Olha que essa conversa furada de mostrar os teus livros não cola comigo!

Ele me olhou com um ar de riso, e as feições de deboche foram ressurgindo no seu rosto.

- Eu sei sua doida, e não tô querendo te passar conversa. Só que hoje é meu aniversário e...

- Ai meu Deus! Desculpa Dan, eu não tava me lembrando...

- Então, como eu dizia, hoje é meu aniversário, e a minha mãe, que gosta de inventar coisinhas, chamou um pessoal pra jantar lá em casa...

Convencida, entrei no ônibus, e sem muita demora cheguei na casa onde somos recepcionados por gatos quando abrimos o portão. O Daniel disse que eu podia colocar a minha bolsa em cima do sofá, sem problemas, e foi até o quarto deixar a sacola com a revista.


- Vêm ver a minha humilde biblioteca - Me disse ele entrando em uma sala onde havia uma mesa um tanto quanto desarrumada, em contraste com a estante com livros impecavelmente alinhados.

- Onde é que estão os teus pais? E a tua irmã, aquela santa que te livrou de uns tapas por achar aquele presente que eu te dei, e tu perdeste?

- Não sei. devem ter saído pra resolver alguma coisa...

- Palhaço! Mas, infelizmente não vou poder ficar mais para conhece-los, pois minha amiga está me esperando.

- Tudo bem, ao menos fostes apresentada aos gatos.

- Pois é... Vou indo, senão me atraso mais. Amanhã eu te ligo e a gente se fala direitinho . Beijos, e boa noite.

- Besos, e que os anjos te cuidem!

- Essa é boa! se tu acreditasse em anjos...

- Mas eu acredito em Bellow e Coetzee... Eles velam meu sono todas as noites.






Isso é ficção viu, meu povo!







11 comentários:

daniel disse...

rararara!

ainda vou escrever assim um dia...

mas falando sério: outro dia eu até que tive prazer folheando a Caras. tinha uma foto-reportagem sobre tombos dos famosos. E umas manchetes muito hilárias, tipo para-mudar-o-mundo. Vou até pegar a revista de novo e mandar pro Dowglas fazer a festa lá no blog dele (como aquele print q ele fez da Bananinha comprando Milho).

e agora, vou indo ali com o Bellow, senão ele fica com ciúme!

abs.!

Dianne Nogueira disse...

Nussa! eu tava quase pra infartar de ódio! Geru aqui em Teresina e nem me avisa? E a minha rede armada? E a vontade de conhecer ela?

kkkkkkkkk

Má. disse...

Adoreeei
*--*
Se é ficção ela deveria ter ao menos analizado os livros!

Parabéns pelo TDB!
;@@

Fóssil disse...

Poxa, e eu jurando que era verdade! XD Tava pensando 'meu Deus, como uma coisa dessas acontece?'

Gerusa disse...

Dan, a CARAS acha que mudar o mundo e separar o lixinho... E tu não escreva assim, pelo simples fato de que e muito melhor que eu.

Di, tu ache que se eu estivesse mesmo em THE, nós não já teriamos nos visto?

Carlos, coisas assim acontecem...

Má, obrigado pela visita.Volte sempre!

Mah (Mayra Lobão) disse...

Oi! Eu também sou do Tudo de Blog e precisava falar com você... Tem como você me mandar seu e-mail? Tenho uma novidade pra você :) Meu e-mail é mayra@boo-box.com.br

Bjinhos e seja bem-vinda!!

Dowglas Lima disse...

eu já tava impressionado com a coincidência... mas quando chegou na parte do Daniel olhado pra bunda de mulher, logo vi que era ficção (sacaneei).

Dianne Nogueira disse...

sacaneou kkkkkkkk

Paulo Vilmar disse...

G!
Olhei para ver se não tinha ninguém olhando e deixei escapar um A D O R E I !
Só notei que era ficção quando falou em estante arrumadinha... Só se ele estava tirando fotos para vender os livros!
De qualquer forma, foi bom avisar que era ficção, pois á estava ficando com inveja, se era prá fugir que viesse para o sul, bem longe desta que te tira o sono...
Beijos!

Gerusa disse...

Será que ai em Santa Maria tem uma vaguinha pra mim?!

Beijos Paulo!

MayCon SilveiRa... disse...

hauhauh.. Eu ja tava acreditando, eu ia ate te matar se não tivesse me contado que tinha ido em THE.. ai ai ai.. hauah

bjOo